TOC

5 tipos de TOC e como tratá-los

Segundo levantamento da Organização Mundial da Saúde (OMS), o transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) está entre as principais causas de incapacitação na população, sendo cerca de quatro milhões de pessoas apenas no Brasil.

Esse número mostra o quão prejudicial o distúrbio pode ser, afetando gravemente a qualidade de vida dos pacientes. Por isso, preparamos este post para que você conheça mais sobre a condição.

O que é TOC?

Trata-se de uma doença mental grave que se caracteriza pela prática de ações e atitudes de personalidade obsessivas e compulsivas. O índivíduo com o transtorno vivencia sua obsessão de forma intrusiva e não controlada e sua compulsão é refletida em comportamentos e atos mentais repetitivos.

Assim, a pessoa não é capaz de controlar seus pensamentos e, por isso, repete atitudes que ajudam a aliviar essa necessidade. Ainda, o TOC é uma condição diretamente ligada aos transtornos de ansiedade.causas

Tipos de TOC

O TOC é classificado em dois tipos diferentes: transtorno obsessivo-compulsivo subclínico, quando as obsessões e rituais se repetem com frequência, mas não atrapalham a vida do paciente, e o transtorno propriamente dito, quando as obsessões persistem até que o indivíduo manifeste os comportamentos compulsivos, aliviando sua ansiedade.

Além disso, a condição também é dividida em subtipos, de acordo com as obessões e compulsões do paciente. A seguir, listamos os mais comuns:

1 – Medo de contaminação

Trata-se de uma das obsessões mais frequentes e costuma vir acompanhada de compulsões associadas à limpeza. O medo de contaminação leva a  pessoa a higienizar toda superfície que entrar em contato, tendo dificuldades de até cumprimentar outras pessoas.

2 – Simetria

Trata-se de um subtipo que envolve obsessões de simetria com compulsões de organização e contagem. Nesses casos, o paciente imagina que a desorganização pode ter consequêncas muito negativas ou fazem com que ele sinta grande angústia.

3 – Pensamentos proibidos

Trata-se do subtipo que engloba as obsessões relaciondas à agressão, sexo, religião e a temas considerados tabus. Geralmente, pacientes com esse tipo de TOC não apresentam comportamentos compulsivos.

4 – Compulsões de checagem

Trata-se do comportamento compulsivo que faz com que o paciente confirme várias vezes a realização de determinada ação. Por exemplo, o medo do vazamento de gás leva a checagem compulsiva do fogão.

5 – Tiques

Um subtipo de TOC que costuma ter origem na infãncia e tem forte relação com fatores genéticos. Ademais, o paciente pode apresentar sintomas de outros tipos, como as obsessões por simetria ou limpeza.

Embora haja essa variação de tipos de transtorno obsessivo-compulsivo, os pacientes podem se enquadrar em mais de um ou em nenhum deles. O diagnóstico correto deve ser dado por um profissional de saúde mental especializado no assunto.

Existe tratamento?

O TOC é uma condição totalmente tratável, capaz de aliviar o sofrimento dos pacientes, levando à remissão parcial ou total dos sintomas. O tratamento pode ser feito por neurologistas, psiquiatras, psicólogos e/ou pediatras.

Assim, com o tratamento multidisciplinar, são maiores as chances de assertividade no diagnóstico e na decisão pelo melhor tratamento. Quando medicamentoso, o paciente pode receber a indicação de uso de antidepressivos inibidores de recaptação de serotonina.

Ademais, de forma combinada ou não com a medicação, a psicoterapia tem sido eficaz no tratmamento deste transtorno. A terapia cognitivo-comportamental é eficiente para a redução dos comportamentos compulsivos, mesmo em quem não responda bem à medicação.

Portanto, pessoas portadoras do TOC precisam procurar tratamento médico. Apenas com a ajuda de profissionais especializados será possível amenizar as obsessões e compulsões.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como psiquiatra em São Paulo!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

Dr. Deyvis Rocha  | Psiquiatra | CRM-SP 127821

Desenvolvido com pelo iMedicina. Todos os direitos reservados.