anorexia nervosa

Anorexia nervosa: causas, sintomas e tratamentos

Por ano, o Brasil registra mais de 100 mil casos de anorexia. Essa condição psicológica caracterizada como um transtorno de ordem alimentar faz com que o indivíduo perca mais peso que o considerado saudável para sua idade e altura. Uma pessoa que sofre com anorexia nervosa cria uma série de restrições intencionais em relação a ingestão de alimentos. Normalmente, por medo de engordar, sendo que a prática continua mesmo quando o seu índice de massa corporal já está muito abaixo que o normal. Além disso, indivíduos que sofrem com a anorexia podem se dedicar aos exercícios físicos de forma excessiva, vomitar o alimento ingerido propositalmente e usar laxantes, tudo com o objetivo de evitar o ganho de peso. Com o passar do tempo, comportamentos como os apontados acima podem resultar em graves complicações. Os transtornos alimentares, a título de curiosidade, tem uma taxa de mortalidade maior que qualquer outra categoria de doença mental. Entenda mais sobre a anorexia nervosa nos próximos tópicos. Acompanhe!

Causas

As causas por trás dessa condição ainda são motivo de muitos estudos. Entretanto, sabe-se que podem ter relação com fatores psicológicos, ambientais e biológicos. De qualquer forma, há alguns fatores que são associados a essa condição:
  • dificuldade em lidar com situações estressantes;
  • susceptibilidade à ansiedade e depressão;
  • excesso de preocupação, medo ou dúvida em relação ao futuro;
  • problemas alimentares verificados na primeira infância ou adolescência;
  • autoimagem distorcida ou negativa;
  • restrições comportamentais, emocionais e de expressão;
  • determinadas ideias sobre a beleza ideal, enraizadas em comportamentos culturais e sociais;
  • ter sofrido com transtorno de ansiedade na infância.
Uma observação importante de ser feita sobre a anorexia nervosa é que, apesar de a pessoa viver excessivamente preocupada com seu peso, este não constitui o principal fator para análise da condição.

Principais sinais e sintomas

Dentre os sinais mais recorrentes da anorexia temos os seguintes:
  • hábito de tomar remédios para emagrecer, principalmente os que atuam como inibidores de apetite;
  • perder intencionalmente as refeições, ou evitar comer qualquer alimento que ache que engorde — mesmo que os níveis calóricos sejam muito baixos;
  • índice de massa corporal muito baixo;
  • ter a ideia de que está gordo, mesmo o peso corporal indicando que está dentro da normalidade ou muito abaixo do ideal;
  • em pessoas ainda jovens, em torno dos 18 anos, peso e altura não condizem com a idade;
  • problemas físicos a exemplo de pele seca, perda de cabelo e tontura.
É importante ressaltar que o diagnóstico da anorexia nervosa envolve mais de um dos fatores apontados acima. Também há caso em que a pessoa pode apresentar os sintomas, mas seu problema ser outro. Por isso, é essencial que o profissional da área médica seja sempre consultado.

Tratamentos

Em boa parte dos casos, o tratamento para a anorexia nervosa demanda um tempo relativamente longo. Além disso, recaídas são esperadas. Por isso, além de um rigoroso acompanhamento médico, é muito importante que a família e os amigos deem suporte e sejam compreensivos com a pessoa, com o objetivo de ajudá-la em seu processo de recuperação. O uso de alguns tipos de medicamentos (para controle de ansiedade, por exemplo) são necessários em boa parte dos casos, porém, como se trata de uma condição complexa, apenas o médico especialista poderá orientar sobre qual é melhor para o caso da pessoa. A hospitalização somente é necessária quando a anorexia nervosa causou um grave quadro de desnutrição, perda de peso, emergência psiquiátrica ou ainda, quando a pessoa persiste em não comer. Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como psiquiatra em São Paulo!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

Dr. Deyvis Rocha  | Psiquiatra | CRM-SP 127821

Desenvolvido com pelo iMedicina. Todos os direitos reservados.