ataques de pânico

5 maneiras de lidar com um ataque de pânico

O ataque de pânico é um fenômeno que acontece de forma inesperada, decorrente de uma manifestação intensa e extrema da ansiedade, causando uma descarga de hormônios que leva a desconfortos físicos e sensações de medo.

Em uma atualidade cada vez mais movimentada e repleta de preocupações, pressões e rotinas estressantes, é comum encontrar pessoas que passam por esse problema. Conhecer a doença e como agir é essencial para controlar os momentos de crise.

Você sabe o que é o ataque de pânico? Quais os sintomas e como lidar com a situação? Se deseja entender mais sobre o assunto, está no lugar certo! Confira neste post informações relevantes e 5 maneiras para lidar com esses momentos delicados.

O que é o ataque de pânico? 

O ataque de pânico é caracterizado por uma crise momentânea causada pela elevação súbita dos níveis de ansiedade, fatores genéticos e sociais. É uma descarga intensa de hormônios, levando a um conjunto de sintomas físicos e sensações de medo.

Pode durar entre 10 e 30 minutos e os ataques acontecem, geralmente, influenciados por situações de estresse social. No entanto, é possível ocorrer em qualquer lugar e momento.

Quais os sintomas?

Os sintomas do ataque de pânico levam a uma perturbação inexplicável e até a falta de contato com a realidade. De fato, a intensidade e tipo de sintomas pode variar de acordo com o organismo e influências externas no qual o indivíduo está exposto.

Os principais sintomas são:

  • aumento da frequência cardíaca e palpitações;
  • dor no peito;
  • dores abdominais;
  • falta de ar;
  • medo de morrer ou sensação de morte iminente.
  • náuseas, enjoos, dor de estômago ou diarreia;
  • suor excessivo e calafrios;
  • sensação de estranheza em relação ao ambiente;
  • sensação de perigo;
  • tonteira, vertigem e sensação de desmaio;

5 maneiras para lidar com o ataque de pânico

Saber lidar com a situação é importantíssimo, seja em uma vivência própria, de familiares, amigos ou até mesmo de desconhecidos. Veja a seguir, dicas práticas para amenizar a situação.

1. Controle a respiração 

A asfixia é um sintoma comum no ataque de pânico, por isso, é importante inspirar com alma, fazer uma pequena pausa e expirar lentamente. Repita o processo desacelerando até ter controle sobre a respiração. É uma técnica simples que tem grande efeito.

2. Procure um local tranquilo 

O ambiente é outro fator extremamente importante. Ao passar ou presenciar uma situação de ataque de pânico, procure um lugar mais tranquilo, afaste de lugares tumultuados e com variação de sons e luzes.

3. Mude o foco

Por mais difícil que seja, é preciso mudar o foco da crise e dos sintomas. Como é uma situação momentânea, mudar o foco ajuda o ataque a passar mais rápido. Desviar o olhar para objetos, usar o tato, descrever em voz alta e lembrar de coisas e momentos bons ajudam bastante.

4. Use técnicas para o relaxamento muscular

Ao notar que o ataque de pânico pode acontecer, oriente ou tente fazer o alongamento muscular de forma lenta e tranquila. Além de reduzir a tensão muscular, contribui para mudar o foco e reduzir a rigidez durante a crise.

5. Procure acompanhamento médico  

A periodicidade do ataque de pânico não é previsível, isso significa que pode acontecer em qualquer momento da vida de uma pessoa. Para manter a qualidade de vida, é fundamental contar com o acompanhamento médico e ter um diagnóstico preciso e um tratamento eficaz.

A saúde mental é extremamente importante para o bem-estar pessoal e para um bom convívio social. Portanto, saber como lidar com o ataque ou síndrome de pânico contribui para promover a saúde e garantir que o indivíduo terá uma vida livre dos transtornos psicológicos, que causam danos sérios à qualidade de vida.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como psiquiatra em São Paulo!

Comentários

O que deseja encontrar?

Compartilhe