estresse

Os impactos do estresse na saúde mental

Antes de mais nada, temos que considerar que o estresse é algo que todos nós experimentamos em determinados momentos da vida. Contudo, mesmo sendo desagradável, ele não é uma doença. Por outro lado, não há dúvidas de que existe uma íntima conexão entre essa condição e a saúde mental das pessoas.

Preparamos esse artigo para explicar um pouco melhor sobre essa relação. Continue a leitura e aprenda mais!

Ligação entre a saúde mental e o estresse

O estresse normal, como uma reação a algum evento, muitas vezes é útil até para fazer com que a pessoa tome uma atitude, visando resolver seu problema. 

Por outro lado, quando o estresse é crônico, perdurando por longos períodos, o indivíduo começa a correr sérios riscos. Por exemplo, ele fica mais vulnerável a desenvolver quadros de ansiedade e depressão.

Há uma série de estudos sendo conduzidos nesse sentido. Alguns dos mais recentes indicam que uma pessoa que sofre com estresse de longo prazo pode experimentar alterações em sua estrutura cerebral.

Entre as áreas cerebrais mais afetadas pelos impactos negativos do estresse na saúde mental estão aquelas ligadas à memória e ao aprendizado.

Entretanto, ninguém adoece mentalmente tendo o estresse como agravante da noite para o dia. Por isso, é muito importante ter atenção aos sinais do corpo, que indicam que algo está começando a sair do controle.

Nesse sentido, sinais e sintomas que devem ser observados incluem:

  • alterações frequentes no humor;
  • mudança na rotina alimentar/ alteração de apetite;
  • hipertensão;
  • problemas na pele;
  • formigamento nas extremidades, como pés e mãos, ou o rosto;
  • sensação de incapacidade e desgaste contínuo;
  • tensão nos músculos;
  • alteração na rotina de sono, seja dormindo mais que o normal ou pouco;
  • perda de interesse pelas coisas, como hobbys de que gostava;
  • dificuldade para se concentrar, perda de memória e atenção;
  • ansiedade e depressão.

Ajuda profissional tem um papel importante

O estresse, seja ele de curto prazo ou crônico, pode ter origem em eventos internos e externos. Sendo assim, o tratamento para lidar com o estresse envolve entender as causas e a forma como resistir aos estressores.

E é aqui que entra o próprio autoconhecimento e o respeito aos limites individuais. Por exemplo, uma pessoa pode sofrer impactos em sua saúde mental por nunca dizer “não” no trabalho. Ela até sabe que vai sofrer e ficar angustiada para dar conta de suas responsabilidades, mas continua aceitando cada vez mais. Ou seja. Coloca em risco sua vida emocional em detrimento do trabalho.

Aliás, quando o assunto é o estresse e saúde mental, é comum fazer uma relação com o ambiente de trabalho. Contudo, os eventos e elementos estressores estão em todo lugar: a dona de casa com dificuldades para cuidar sozinha dos filhos; o adolescente que não está conseguindo se dar bem na escola ou o profissional que pensa que ser produtivo é acumular responsabilidades, por exemplo.

Em resumo, o profissional em saúde da mente pode ajudar pessoas de todas as idades a enfrentar a causa do estresse, impedindo que se torne um problema de longo prazo prejudicando a saúde mental e física!

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como psiquiatra em São Paulo!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

Dr. Deyvis Rocha  | Psiquiatra | CRM-SP 127821

Desenvolvido com pelo iMedicina. Todos os direitos reservados.