depressao

Depressão: conheça 6 diferentes subtipos

A depressão se manifesta em cada pessoa de maneiras variadas. Mas, você sabia que além das diferentes formas de depressões ainda temos diversos subtipos dessa condição?

Os sintomas e sinais podem variar em persistência, gravidade, tempo e número, contudo, tendem a ser bastante parecidos. Dado que existem vários subtipos, a abordagem médica também difere entre um paciente e outro.

Além disso, precisamos considerar que fatores como cultura, sexo e idade, também influenciam na maneira como a pessoa expressa os sintomas dessa doença.

A seguir, você conhecerá alguns dos principais subtipos dessa condição que afeta milhões de brasileiros. Acompanhe!

1. Transtorno depressivo recorrente

O transtorno depressivo recorrente, também conhecido como transtorno depressivo maior, ocorre quando o episódio de depressão se repete. Geralmente, ele começa na adolescência ou início da idade adulta.

As pessoas com esse subtipo de depressão podem experimentar fases depressivas de meses e até anos, incluindo períodos com humor normal. Esse distúrbio tende a ser muito incapacitante.

2. Distimia

A distimia tem como principal característica a manifestação de sintomas mais leves e menos marcantes do que a depressão recorrente ou um episódio depressivo. Contudo, trata-se de um transtorno persistente, especialmente no que diz respeito a duração dos sintomas, por isso, a distimia também é conhecida como depressão crônica.

Embora seja menos incapacitante, há casos de pessoas com esse distúrbio que ficam seriamente doentes e desenvolvem um quadro de depressão maior. Caso o indivíduo apresente ambos os diagnósticos, temos uma situação de depressão dupla.

3. Episódio psicótico depressivo

Aqui temos uma manifestação diferenciada de um episódio depressivo. Na depressão psicótica ou delirante o indivíduo pode manifestar delírio hipocondríaco, delírio de pobreza, delírio de culpa, falsas crenças e alucinações. É comum que as pessoas com esse subtipo de depressão necessitem ser internadas para cuidados de saúde psiquiátricos.

4. Depressão atípica

A principal característica da depressão atípica é um humor oscilante e hipersensível. O paciente também pode ter ataques de pânico, dormir demais ou comer excessivamente. É considerado um subtipo leve sendo que pode ser de natureza bipolar.

5. Transtorno depressivo sazonal

O transtorno depressivo sazonal costuma ser muito semelhante à depressão atípica. Normalmente, ele ocorre durante mudanças climáticas, como no inverno ou outono. Quando a temporada acaba, os sintomas vão embora e a pessoa recupera seu funcionamento normal.

6. Transtorno depressivo recorrente breve

Já o transtorno depressivo recorrente breve é uma forma mais curta e leve da doença. Assim, tende a acometer principalmente os jovens que tem seu funcionamento comprometido por curtos períodos de humor deprimido ou misto. Em suma, os sintomas não persistem por mais de duas semanas.

Esses são apenas alguns dos vários subtipos de depressão categorizados pela medicina. Apesar de tudo parecer complexo, é importante destacar que a depressão tem tratamento.

Na maioria das vezes, as pessoas que mantêm sua rotina de visitas ao especialista e recebe o acompanhamento adequado conseguem retomar a qualidade de vida e o controle da rotina. Portanto, vale lembrar que quanto antes o profissional for consultado, melhor será para a saúde física e mental do paciente.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Então, leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como psiquiatra em São Paulo!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

Dr. Deyvis Rocha  | Psiquiatra | CRM-SP 127821

Desenvolvido com pelo iMedicina. Todos os direitos reservados.