depressão

Depressão: como lidar com quem a enfrenta?

A depressão é uma doença séria, mas tratável, que afeta milhões de pessoas em todo o mundo, de crianças a idosos. Além disso, prejudica significativamente a rotina do indivíduo, e também afeta as pessoas ao seu redor.

Lidar com alguém que sofre com depressão não é uma tarefa fácil, afinal, há muitas coisas envolvidas. Por outro lado, temos vários aspectos que podem ser trabalhados, tanto para ajudar o doente quanto você. 

A seguir, apresentamos algumas recomendações simples que podem ser muito úteis nesse sentido. Continue a leitura e saiba o que fazer!

Lidando com alguém com depressão

Muitas vezes, saber o que dizer ou como agir para ajudar alguém com depressão é muito difícil. Afinal, você pode ficar com receio de piorar a situação, ou ainda, que a pessoa fique irritada e desconsidere suas preocupações.

Nesse sentido, uma das coisas mais importantes a se fazer é, antes de tudo, saber ouvir. Ou seja, você não precisa pensar ou fazer algo para “consertar” a vida de seu familiar ou amigo — até porque você não é um especialista em saúde mental. Em vez disso, deve se preocupar em ser um ouvinte compassivo.

Em vários casos, a oportunidade de conversar com alguém, de falar sem ser julgado ou interrompido, é importante para a pessoa que sofre com o problema.

Sendo assim, você pode incentivá-la a se abrir e a falar sobre seus sentimentos. No entanto, é preciso esclarecer que isso não é incômodo e que você não a julgará. Todavia, para lidar com uma pessoa depressiva você deve ter em mente que uma única conversa não resolverá tudo. Além disso, precisamos considerar que pessoas deprimidas tendem a se afastar dos outros, ficando cada vez mais isoladas. É preciso ter paciência e persistência.

Além de ser gentil, disposto e persistente, você precisa oferecer encorajamento e esperança para o doente. Uma sugestão simples para criar uma relação de afinidade é falar de uma forma que ele entenda.

Orientações gerais para lidar com alguém que sofre com depressão

Há várias maneiras de oferecer suporte e ajudar uma pessoa que enfrenta problemas relacionados à saúde mental. Algumas abordagens interessantes são:

·sempre mantenha contato, seja por uma mensagem de texto, um telefonema ou um convite para fazer um lanche ou tomar um café;

·seja paciente, lembre-se que seu parente ou amigo está com uma doença séria;

·procure se informar sobre grupos de apoio às pessoas com depressão e serviços de acompanhamento à saúde mental, como terapia com psicólogos e consultas com psiquiatras;

·de forma gentil e tendo cuidado para não irritar a pessoa, incentive-a a buscar ajuda. Por exemplo, você pode acompanhá-la na primeira consulta com o especialista. Também pode apoiá-la para manter-se ativa fisicamente, cuidando da alimentação ou fazendo coisas que gosta.

Conclusão

Como apontamos no início deste artigo, a depressão tem tratamento. Geralmente a pessoa consegue retomar o controle da situação melhorando a sua qualidade de vida. Mas, para isso ser possível é preciso ter um acompanhamento adequado de um especialista em saúde mental que, nesse caso, é o psiquiatra. 

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como psiquiatra em São Paulo!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

Dr. Deyvis Rocha  | Psiquiatra | CRM-SP 127821

Desenvolvido com pelo iMedicina. Todos os direitos reservados.