Multi Exposure Of Young Angry And Stressed Man At Home

Transtorno bipolar: Entenda o que é

É bem possível que você já tenha ouvido ou lido algo a respeito do transtorno bipolar. No entanto, você sabe, realmente, do que se trata? Essa condição é caracterizada como uma doença mental grave e complexa, que faz com que o indivíduo tenha alterações incomuns e intensas de humor.

Por isso, a pessoa portadora de transtorno bipolar pode passar por períodos de “altos” e “baixos”, que são clinicamente denominados como mania e depressão, respectivamente. É importante ressaltar que esses eventos podem durar dias ou semanas. Em alguns casos, os episódios de depressão e mania se alternam rapidamente e por muitas vezes em uma única semana.

O que não é transtorno bipolar?

Todos nós podemos experimentar mudanças no estado de humor e ter sensações de êxtase uma vez ou outra. Todavia, esses eventos não prejudicam nossa rotina e são considerados normais e, muitas vezes, até esperados. Isso não é categorizado como transtorno bipolar.

A depressão, por si só, também não pode ser considerada como transtorno bipolar, mesmo que alguns sintomas sejam comuns a ambas as condições. Nesse caso, a diferença mais importante é que, no transtorno bipolar, há oscilações extremas de humor, assim como há a manifestação de episódios tanto de depressão quanto de mania.

Quais os principais sintomas do transtorno bipolar?

Os sinais e sintomas característicos do transtorno bipolar dependem de qual fase a pessoa está experimentando. Nesse sentido, podemos dividi-los em dois conjuntos: aqueles que pertencem a fase maníaca e os da fase depressiva. Acompanhe:

Fase maníaca: assumir riscos sem pensar, tomar decisões sem analisar a situação e se comportar de maneira impulsiva, são alguns dos comportamentos mais comuns dessa fase. Além disso, o indivíduo pode chegar ao ponto de não ter noção do que faz ou ignorar que suas atitudes podem ter consequências negativas para si e para terceiros. Os sintomas mais comuns incluem:

  • sentimento súbito de raiva ou irritação extrema;
  • delírios de vários tipos, por exemplo, acreditar que tem uma ligação especial com alguma divindade ou personagem histórico;
  • sensação de felicidade absoluta em qualquer circunstância, isto é, nem mesmo uma notícia ruim ou uma situação trágica muda o comportamento da pessoa;
  • incapacidade de controlar as próprias ações e acreditar de forma irrealista em suas próprias capacidades. A pessoa pode achar que nada poderá impedi-la de realizar algo extremamente difícil, ou pode ter comportamentos de risco, como abusar da sexualidade sem proteção, dirigir de forma imprudente ou gastar dinheiro sem pensar.

Fase depressiva: os sinais e sintomas da fase depressiva do transtorno bipolar são bem distintos:

  • sensação de intenso desespero ou tristeza;
  • fadiga, falta de energia, sensação de letargia;
  • desinteresse em atividades que gostava de realizar;
  • isolamento;
  • problemas para dormir;
  • perda de memória;
  • pensamentos sobre morte, suicídio e comportamentos de automutilação.

Os sintomas do transtorno bipolar não se resumem apenas aos apontados acima. Todavia, servem como direção ou alerta: se observar algum desses sinais em alguém que você conhece, vale a pena incentivar essa pessoa a fazer uma visita a um especialista de saúde mental.

Por fim, é interessante ressaltar que a pessoa com transtorno bipolar, na maioria dos casos, consegue manter sua qualidade de vida e uma rotina menos complicada quando recebe o tratamento adequado.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como psiquiatra em São Paulo!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

Dr. Deyvis Rocha  | Psiquiatra | CRM-SP 127821

Desenvolvido com pelo iMedicina. Todos os direitos reservados.